LOVE SONG

MENSAGENS DE AMOR

28 de mai de 2011

PÉROLAS


Feche essa janela do seu dia.
Abra a porta da nossa noite!
Apague a claridade do sol e
acenda a chama do desejo
que vem com a luz da lua...

Um adeus se dá em um pequeno instante.
Mas a dor da solidão é eterna e torturante.

Caminhos tortuosos e difíceis.
Devo enfrenta-lós...
Mas permíta-me firmemente ultrapassá-los!

Posso novamente cair...
Mas hoje de pé, tenho no peito a força de gritar...
Guerreira?... Sou sim...

A cama vazia que um dia
os contornos de seu corpo conheceu,
agora, mal acomoda o meu...

Se seus olhos me enxergarem em preto e branco,
é justamente aí que devo ainda mais,
colorir seu coração...

O lençol molhado das lágrimas,
que a doída e cruel saudade agora lava,
perde o cheiro do amor um dia nele derramado.

Talvez eu deva ser o que queres...
Mas... Permita-me ser simplesmente o que sou!!!

Sabe aquele amor um dia rabiscado
na areia da praia, e que, mesmo em letras
apagadas pelas ondas,
novamente se desenha em forma de coração?

Eternos serão os sentimentos experimentados
e a saudade deixada no coração de alguém...

Sorrisos se apagam.
Vozes se calam.
Sentimentos se perdem pelo caminho...
Pessoas se vão.

Por mais que tentem,
ou até mesmo consigam destruir seu castelo,
recolha cada pedrinha, cada cascalho...
Na suavidade dos teus sonhos,
será reconstruída sua maior fortaleza!
"ANDRÉA MAIA"

Nenhum comentário:

ROOOOOOMMMM